O Airbnb disse nesta quarta-feira que cancelou todas as reservas de casas e apartamentos em Washington DC para evitar a hospedagem de pessoas ligadas a grupos extremistas, que podem estar planejando algum ataque durante a posse de Joe Biden, em 20 de janeiro.

O Airbnb disse que a decisão acompanha um pedido de oficiais federais e distritais para que ninguém viaje para a capital americana, por questões de segurança.

“Estamos cientes de relatos que surgiram ontem tarde sobre milícias armadas e grupos de ódio que estão tentando viajar para interromper a posse”, disse a empresa em um comunicado.

O Airbnb disse que trabalha com informações da imprensa e das autoridades policiais para identificar possíveis usuários do serviço de hospedagem que tenham vínculos com grupos de ódio ou que tenham participado da invasão do Capitólio e que todos eles serão banidos da plataforma.

A prefeita de Washington, Muriel Bowser, já solicitou a disponibilização de fundos do governo federal para a prevenção de desastres, valores que serão destinados para segurança deslocada para a cerimônia de posse.

E até mesmo a companhia aérea American Airlines anunciou que nos dias que antecedem a cerimônia de posse, a distribuição de bebida alcoólica foi cortada em todos os voos que têm como destino a cidade de Washington.

O presidente Donald Trump pediu nesta quarta para que os americanos ajudem a “Acalmar os ânimos” em meio ao anúncio de que há novos protestos marcados por seus apoiadores para acontecer durante a cerimônia de posse de Joe Biden, em 20 de janeiro.

Este artigo foi resumido em 50%

Originalmente Publicado: 13 de Janeiro de 2021 às 18:15

Fonte: Globo