No espaço de uma semana, Marcelo Gallardo e o River Plate entenderam como superar o Palmeiras de Abel Ferreira, e assim fizeram durante os mais de 100 minutos de bola rolando na arena.

Se na ida, anotou um “Gol” ao salvar o Palmeiras no início.

O Palmeiras de Abel Ferreira não esse dominado completamente pelo River Plate, em momentos que pareciam dois times de rotações diferentes.

Na Libertadores, a cultura do resultado no fim pode pesar mais do que a cultura de um trabalho vencedor, poderoso e impressionante, como o de Gallardo.

Na matemática, o Palmeiras fez três gols no River Plate, que respondeu com dois na terça-feira.

No fim da partida, o River Plate finalizou 26 vezes, contra 6 do Palmeiras.

Embora a decisão da Copa Libertadores esteja agendada para o dia 30, a equipe alviverde possui três compromissos importantes pelo Campeonato Brasileiro, que podem minar a confiança do time no momento mais decisivo da temporada.

Este artigo foi resumido em 83%

Originalmente Publicado: 13 de Janeiro de 2021 às 05:00

Fonte: Globo