O governo de São Paulo antecipou para esta sexta-feira a reclassificação no plano de flexibilização econômica no estado, prevista para ocorrer em 5 de fevereiro.

Na coletiva, o governador Doria disse: “Nesta sexta-feira, o governo de São Paulo anunciará uma nova reclassificação do Plano São Paulo, tomando como referência estudos que estão sendo finalizados pelo Centro de Contingência do Covid-19, que nós seguimos religiosamente desde o dia 26 de fevereiro, desde que tivemos o primeiro caso confirmado”.

“Tínhamos uma grande preocupação com o final do ano, com os feriados e as aglomerações. Agora, nestes últimos dias, o centro de contingência acompanha diariamente a evolução dos indicadores. Nós observamos que continuamos com essa tendência e [que] seria necessário antecipar aquela reclassificação que havia sido anunciado na sexta para algumas regiões do estado”, afirmou Paulo Menezes.

Mudanças no Plano SP. Na semana passada, além de mudar o que pode funcionar em cada fase, o governo alterou os indicadores de saúde.

Os valores para avançar da fase vermelha laranja também mudaram: antes, para progredir de estágio, era necessário ter taxa até 75% de taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

A revisão do plano feita na sexta alterou ainda os indicadores de evolução da pandemia que eram usados para todas as fases.

Antes, para todas as fases o plano levava em conta a evolução - de uma semana para outra - de casos, óbitos e internações por Covid-19.

Este artigo foi resumido em 76%

Originalmente Publicado: 13 de Janeiro de 2021 às 14:39

Fonte: Globo