Um dos homens indiciados formalmente pela invasão ao Capitólio no dia 6 de janeiro, identificado como Christopher Stanton Georgia, foi encontrado morto, confirmou nesta quarta-feira o escritório médico do Condado de Fulton, na Geórgia.

Segundo os policiais, a morte ocorreu no último sábado, quando policiais foram chamados residência localizada em Alpharetta pela esposa de Georgia.

Ao chegarem no local, o advogado de 53 anos já estava sem vida.

Os agentes recolheram na residências duas pistolas semiautomáticas.

Georgia foi um dos detidos ainda na quarta-feira pela invasão ao prédio federal e por violar o toque de recolher na capital Washington, mas estava respondendo pelo crime em liberdade - mesmo tendo negado as acusações em uma audiência preliminar da Justiça.

Segundo um balanço divulgado pelo Departamento de Justiça dos EUA, já foram indiciadas 170 pessoas pela insurreição do dia 6 de janeiro, feita por apoiadores de Donald Trump, e mais de 70 continuam presas.

Rússia fornecerá 150 milhões de doses da Sputnik V ao Brasil em 2021.

Este artigo foi resumido em 7%

Originalmente Publicado: 13 de Janeiro de 2021 às 18:53

Fonte: Uol.com.br