O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu nesta quarta-feira para que os americanos ajudem a “Acalmar os ânimos” em meio ao anúncio de que há novos protestos marcados por seus apoiadores para acontecer durante a cerimônia de posse de Joe Biden, em 20 de janeiro.

luz dos relatos de mais manifestações, peço que não deve haver violência, não deve haver violação da lei e não deve haver vandalismo de qualquer tipo", disse Trump uma semana depois que um grupo de apoiadores invadiu o Capitólio dos EUA, sede do Congresso americano.

“Não isso que eu defendo e não o que os Estados Unidos representam”, escreveu o presidente em um comunicado oficial.

“Apelo a todos os americanos que ajudem a aliviar as tensões e acalmar os ânimos.”

Membros da Guarda Nacional dentro do Capitólio no dia 13 de janeiro de 2021, antes de os deputados começarem a sessão de impeachment de Donald Trump - Foto: Joshua Roberts/Reuters.

A prefeita de Washington, Muriel Bowser, já solicitou a disponibilização de fundos do governo federal para a prevenção de desastres, valores que serão destinados para segurança deslocada para a cerimônia de posse.

O serviço de hospedagens Airbnb disse nesta quarta que cancelou todas as reservas de casas e apartamentos temporários na capital americana, para evitar a hospedagem de pessoas ligadas a grupos extremistas, que podem estar planejando algum ataque no próximo dia 20.

Este artigo foi resumido em 25%

Originalmente Publicado: 13 de Janeiro de 2021 às 17:19

Fonte: Globo