O Cruzeiro protagonizou mais um vexame na Série B do Campeonato Brasileiro e, na noite de hoje, perdeu para o Oeste, o lanterna da competição, por 1 a 0, pela 34ª rodada.

O resultado praticamente sepultou as chances de acesso do Cruzeiro, que tem mais quatro jogos por fazer.

Juventude, Guarani, Sampaio Corrêa, CSA e Avaí tropeçaram, abrindo chance de o Cruzeiro se aproximar do G4, mas nem isso fez diferença.

Sem receber salários de forma integral entre os meses de outubro do ano passado e janeiro de 2021, os jogadores do Cruzeiro protestaram e não ficaram concentrados na Toca II na véspera da partida, como antecipou o UOL Esporte.

O avante pelo gol marcado e o arqueiro pelas defesas que impediram o Cruzeiro de balançar as redes.

O Cruzeiro de Felipão mostrou força com o jogo apoiado pelos jogadores que atuam como pontas, os responsáveis por dar profundidade nas jogadas ofensivas.

Na linha de fundo, Raí Ramos cruzou na medida para Fábio, que cabeceou forte para o fundo do gol do seu xará goleiro do Cruzeiro.

Este artigo foi resumido em 70%

Originalmente Publicado: 14 de Janeiro de 2021 às 00:22

Fonte: Uol.com.br