O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira corrigiu uma informação passada nesta quarta e disse que ainda será marcada uma data especial para as cidades que considerarem a realização do Enem perigosa no contexto da pandemia de Covid-19.

Correção: ao ser publicada, às 18h15, essa reportagem afirmava que o Enem 2020 seria reaplicado nos dias 23 e 24 de fevereiro aos candidatos dos casos previstos pela decisão da Justiça Federal em SP da última terça.

A juíza Marisa Claudia Gonçalvez Cucio, da 12ª Vara Cível Federal de SP, negou o pedido de adiamento da prova, mas permitiu a remarcação nos municípios em que autoridades locais decidirem que a circulação dos candidatos nas datas do Enem pode trazer riscos para a cidade por causa da pandemia de Covid.

O Inep procurou o G1 após a publicação da nota e afirmou que essa data para os casos considerados pela decisão judicial ainda será definida e comunicada posteriormente.

Ao G1, o Inep afirmou que, “Para qualquer caso dos que são passíveis de reaplicação”, o exame ocorrerá em 23 e 24 de fevereiro.

São as mesmas datas em que candidatos privados de liberdade ou que tiverem sintomas de Covid-19 em janeiro poderão prestar o Enem.

Reaplicação para afetados por problemas pontuais, como enchentes, que impeçam o acesso ao local de prova.

Este artigo foi resumido em 44%

Originalmente Publicado: 13 de Janeiro de 2021 às 19:15

Fonte: Globo