A chegada da família Galaxy S21 da Samsung veio recheada de atenções, não só por causa do ótimo design que a coreana adotou para os aparelhos como também pelo fato deles terem perdido o carregador e o fone de ouvido na caixa.

Mas para quem acha que estes foram os únicos recursos perdidos em comparação ao antecessor, melhor pensar novamente.

Os novos modelos também trazem mudanças em relação ao Samsung Pay, sistema de pagamentos móveis da marca, não podendo mais ser utilizados com a tecnologia MST que, basicamente, simulava a tarja dos cartões de crédito convencionais.

O recurso facilitava o uso do serviço com máquina que ainda não possuíam compatibilidade com NFC, o que tornava a experiência de pagar via celular algo ainda mais conveniente.

Talvez a sul-coreana tenha decidido remover o recurso devido a alguns problemas no funcionamento pois, de acordo com as informações publicadas pelo The Verge, por diversas vezes ele se recusava a funcionar.

O aumento da popularidade do NFC também pode ter colaborado para a decisão da Samy, afinal de contas, o MST ficaria cada vez mais redundante, vendo que o NFC agora mais facilmente encontrado.

Além disso, os novos portáteis da linha Galaxy S21 também deixaram de lado o armazenamento via microSD que, para muitos, acabava por ser um ótimo diferencial.

Este artigo foi resumido em 2%

Originalmente Publicado: 17 de Janeiro de 2021 às 12:47

Fonte: Tudocelular.com