Alteração deve focar na ‘construção de um metaverso’ planejado por Zuckerberg e pode ajudar no distanciamento de polêmicas recentes envolvendo a empresa.

Dona de redes sociais como o Whatsapp e o Instagram, a empresa Facebook estuda mudar de nome nas próximas semanas para refletir um novo caminho traçado pela empresa “Na construção de um metaverso”.

Segundo a reportagem, o CEO planeja falar sobre a mudança na conferência anual da empresa, marcada para o dia 28 de outubro, mas não descarta a possibilidade de explicar a intenção da mudança de nome antes disso.

Além do “Metaverso”, que deixaria o nome Facebook voltado apenas para a rede social primogênita de Zuckerberg, a mudança na marca serviria como uma forma de distanciar a companhia das polêmicas envolvendo o nome da empresa.

No começo deste mês, a ex-funcionária Frances Haugen depôs ao senado dos EUA e falou sobre os efeitos prejudiciais das redes sociais em menores de idade e o interesse de lucro acima da saúde das pessoas.

De acordo com o The Verge, representantes da marca foram procurados, mas se recusaram a falar sobre a possível mudança.

Usuários relatam instabilidade no Instagram nesta segunda-feira Colin Powell, ex-secretário de Estado do governo Bush, morre de Covid-19 nos EUA.

Este artigo foi resumido em 8%

Originalmente Publicado: 21 de Outubro de 2021 às 14:03

Fonte: Jovempan.com.br