Imagem mostra equipe de resgate após incêndio em mina de carvão na região de Kemerovo, na Rússia, no dia 25 de novembro - Foto: Comitê Russo de Investigação/Reuters.

Pelo menos seis pessoas morreram e 49 estão desaparecidas, após um acidente nesta quinta-feira em uma mina de carvão na Sibéria, na Rússia, informou o governador da região de Kemerovo, Sergei Tsivilev.

As circunstâncias do acidente na mina Listvyazhnaya não foram informadas, segundo as agências internacionais de notícias, mas houve um grande incêndio no local.

Embora não tenha explicado as causas do acidente, o Ministério de Emergências russo informou que dezenas de mineiros “Foram intoxicados por fumaça altamente tóxica”.

A mina, que começou a operar em 1956, registrou um acidente em outubro de 2004, quando uma explosão de metano matou 13 pessoas.

O acidente mais mortal dos últimos anos deixou 91 mortos e mais de 100 feridos em maio de 2010, na mina Raspadskaya, também na região de Kemerovo.

Os acidentes em minas na Rússia, como em outras partes da ex-União Soviética, estão frequentemente relacionados falta de respeito pelas normas de segurança, má gestão ou deterioração das instalações.

Este artigo foi resumido em 16%

Originalmente Publicado: 25 de Novembro de 2021 às 06:22

Fonte: Globo