O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, desistiu de sua pré-candidatura Presidência.

A decisão foi tomada em conversa com o presidente do Democratas, ACM Neto, segundo apurou a CNN com integrantes da legenda.

A informação foi confirmada por Luciano Bivar, presidente do PSL e que irá comandar o União Brasil, legenda que surgirá com a fusão do partido com o DEM. “O Mandetta declinou e pretende sair candidato para o Senado ou Câmara no Mato Grosso do Sul. Nós queremos sair com uma candidatura própria, mas não descartamos fazer composições”, disse Bivar.

Com a desistência de Mandetta, o União Brasil fica sem postulantes ao Planalto.

Além do ex-ministro, se colocavam como presidenciáveis o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o apresentador de TV, José Luiz Datena.

Mandetta entusiasta de uma candidatura da terceira via e fez gesto público a Sergio Moro ao comparecer cerimônia de sua filiação ao Podemos.

Dentro do União Brasil, no entanto, uma ala advoga para que a legenda não se comprometa com qualquer candidatura e libere os filiados a formar palanques regionais de acordo com seus interesses.

Este artigo foi resumido em 15%

Originalmente Publicado: 25 de Novembro de 2021 às 13:39

Fonte: Cnnbrasil.com.br