Crianças leem livros em uma biblioteca móvel de Cabul que abriu suas portas pela primeira vez desde a volta do Talibã ao poder no Afeganistão - Foto: Ahmad Sahel Arman/AFP. Uma biblioteca a bordo de um ônibus na entrada de um orfanato em Cabul.

A imagem desperta sorrisos nas crianças, já que não se repetia desde que o Talibã voltou ao poder no Afeganistão em agosto.

“Estou muito feliz. Vou voltar a estudar com os livros que adoro”, diz Arezo Azizi, uma menina de 11 anos com um livro de matemática nos braços.

Crianças leem livros em uma biblioteca móvel de Cabul que abriu suas portas pela primeira vez desde a volta do Talibã ao poder no Afeganistão - Foto: Ahmad Sahel Arman/AFP. A biblioteca “não vinha há três meses”, explica a menina, sentada dentro do ônibus que foi convertido em biblioteca, tentando se fazer ouvir no meio do burburinho alegre de seus colegas.

Centenas de crianças nos últimos anos usaram as bibliotecas que circulam por Cabul todos os dias.

O ministério da Educação do Talibã concedeu permissão para as bibliotecas móveis circularem novamente semanas atrás, mas demorou dias para chegar a um acordo com o ministério dos Transportes, que o proprietário dos ônibus, segundo Barakati.

“Temos crianças de rua e adoro cuidar delas porque não têm oportunidade de ir escola. Temos livros islâmicos, temos livros de história em inglês e dari, livros para colorir e jogos”, diz Jail.

Este artigo foi resumido em 45%

Originalmente Publicado: 9 de Dezembro de 2021 às 07:00

Fonte: Globo