Os Estados Unidos responderão de forma “Decisiva” se a Rússia levar mísseis ou infraestrutura militar para Venezuela e Cuba, afirmou nesta quinta-feira Jake Sullivan, assessor de segurança nacional do presidente americano, Joe Biden.

Em entrevista coletiva, Sullivan acrescentou que a questão não foi discutida durante as conversas entre Washington e Moscou na semana passada e disse que poderia ser um “Blefe” do vice-ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Riabkov, que não deveria ser levado tão a sério.

“Se a Rússia avançar nessa direção, lidaremos com ela de forma decisiva”, disse Sullivan em entrevista coletiva na Casa Branca, sem elaborar a resposta.

Falando nesta quinta-feira ao canal de televisão internacional russo “RTVI”, Riabkov disse que EUA e OTAN rejeitaram as exigências da Rússia em matéria de garantias de segurança e descartou um pronto reatamento das negociações com o Ocidente.

Questionado sobre as medidas de resposta de Moscou, o diplomata russo não descartou a instalação de infraestruturas militares em Cuba e Venezuela: “Não quero confirmar nada, nem descartar nada”, declarou.

Quando questionado sobre o assunto, o presidente do Comitê Militar da Otan, almirante Rob Bauer, considerou “Preocupante” a possibilidade de a Rússia transferir mísseis para estes países.

Este artigo foi resumido em 0%

Originalmente Publicado: 14 de Janeiro de 2022 às 10:07

Fonte: Gazetadopovo.com.br