Em publicação no Twitter, ministro da Saúde disse que governador usa artifício para tentar passar dos 3% nas pesquisas; indígena de 8 anos foi imunizado em evento simbólico do Estado de São Paulo.

Enquanto a Covid-19 avança no Brasil, o governo fica de braços cruzados Indígena de 8 anos a primeira criança vacinada contra Covid-19 no Brasil.

Como a Jovem Pan mostrou, esta não a primeira vez que Queiroga e Doria trocam farpas em razão da vacinação de crianças.

Na antevéspera de Natal, o ministro da Saúde disse que o número de mortes do público infantil não implicava em “Decisões emergenciais” do governo Bolsonaro.

O tucano rebateu: “Não há patamar aceitável de óbitos para crianças, Marcelo Queiroga. Isso crime. Vacinas salvam crianças e adultos. Salvam até os loucos negacionistas”.

A Anvisa autorizou a aplicação da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos no dia 16 de dezembro, mas o governo Bolsonaro resistiu a dar início campanha de vacinação do público infantil.

“Eu pedi, extraoficialmente, o nome das pessoas que aprovaram a vacina para crianças a partir de cinco anos, queremos divulgar o nome dessas pessoas para que todo mundo tome conhecimento quem são essas pessoas e obviamente forme seu juízo”, disse.

Este artigo foi resumido em 69%

Originalmente Publicado: 14 de Janeiro de 2022 às 16:25

Fonte: Jovempan.com.br