Os reféns em uma sinagoga do Texas foram resgatados com segurança e o sequestrador foi morto no sábado, informaram as autoridades dos Estados Unidos.

De acordo com a polícia e a mídia local, o homem dizia ser irmão de uma mulher condenada por terrorismo, conhecida como “Lady al-Qaeda”, e estava exigindo que ela fosse libertada da prisão.

Aafia Siddiqui, uma ex-cientista paquistanesa, foi condenada por um tribunal de Nova York em 2010 a 86 anos de prisão por tentativa de assassinato de autoridades americanas no Afeganistão.

Segundo a polícia, o suspeito havia sequestrado o rabino e outras três pessoas da congregação Beth Israel em Colleyville, cerca de 40 km a oeste de Dallas.

Após 10 horas de negociações, o departamento de polícia de Colleyville informou que a situação foi “Resolvida” no sábado e os reféns estavam seguros.

O chefe do Departamento de Polícia de Colleyville, Michael Miller, confirmou que o suspeito está morto.

Confira o resultado+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua.

Este artigo foi resumido em 35%

Originalmente Publicado: 16 de Janeiro de 2022 às 09:20

Fonte: Istoe.com.br