Em entrevista, o PGR afirmou que os senadores entregaram apenas um HD com “Informações desconexas e desorganizadas”.

Em entrevista CNN na noite de ontem, Aras disse que recebeu apenas um HD com informações “Desconexas e desorganizadas”.

“Naquele momento, a CPI dizia entregar as provas que estariam vinculadas aos fatos de autoria daquelas pessoas indiciadas. Ocorre que não houve a entrega dessas provas. A PGR recebeu um HD com 10 terabytes de informações desconexas e desorganizadas.”

Segundo ele, isso fez com que a Procuradoria protocolasse dez petições ao STF buscando “Manter a validade da prova para evitar que nulidades processuais venham a resultar em impunidade, como aconteceu recentemente em vários processos”.

Segundo o PGR, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues, prometeu, há oito dias, entregar as provas em dez dias.

“Hoje o oitavo dia. Eu espero que até sexta-feira o senador Randolfe e seus eminentes pares entreguem essas provas para que o Supremo possa preservar a cadeia de custódia, a validade das provas e que não tenhamos nulidades e impunidade em um futuro próximo.”

Notícias relacionadas:É justamente por isso que você precisa assinar o Antagonista+ e a Revista Crusoé.

Este artigo foi resumido em 35%

Originalmente Publicado: 16 de Fevereiro de 2022 às 08:49

Fonte: Oantagonista.com