O número de desaparecidos na tragédia que atingiu Petrópolis, na Região Serrana, quase dobrou em 24 horas e chegou a 213 pessoas.

O g1 conversou com familiares que buscam seus entes sumidos e, em alguns casos, ainda há esperança de encontrá-los vivos.

Sofia Sorgini irmã de Olga Sorgini e filha de Maria Bernadete, 61 anos, que desapareceram no bairro Alto da Serra, um dos mais afetados pela chuva que deixou 136 mortos.

Sofia mora em São Paulo, mas diz que parentes e amigos estão procurando por informações das duas todos os dias desde que ambas desapareceram.

Tem vários boatos que circulam, né? Que alguém diz que viu, que falam que foi encontrado o corpo, que falam que está em hospital.

As fotos mostram que, no local da casa onde moravam, há agora apenas lama, escombros e galhos de árvores levados pela chuva.

“Não estou dormindo, estou procurando ele durante a madrugada, estou vindo várias vezes aqui [no IML]. Agora, minha esperança encontrar ele vivo em algum lugar. Ele não está em hospital, já procuramos em pontos de apoio, tudo que você possa imaginar”, disse o pai do jovem.

Este artigo foi resumido em 67%

Originalmente Publicado: 19 de Fevereiro de 2022 às 04:00

Fonte: Globo