Em sua carreira no Morumbi, o lateral-esquerdo tem 18 cobranças de pênalti a partir de 2018, errou apenas uma e tem um aproveitamento de 94,4%. O segredo para tamanho aproveitamento? O próprio camisa 6 tenta explicar.

Gosto de ficar dois passos de fora da área para pegar velocidade e a bola sair com força no meu pé para o goleiro não chegar antes - declarou Reinaldo, em conversa exclusiva com o ge.

Se hoje o treinador exalta o ala-esquerdo, quando atuava, como goleiro, era inspiração para Reinaldo, que absorveu algumas “Manhas” para os dias de hoje.

Dessas cobranças, três foram em disputas por pênaltis, as outras 15 durante o tempo normal - foi numa dessas que Reinaldo teve a única batida defendida, em jogo contra o Goiás, no Brasileiro de 2019.

O ano de 2020 foi o que Reinaldo mais fez gols de pênalti: foram sete, com cobranças pela Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil.

Eu tenho muito mais convicção de que o Reinaldo vai fazer o gol do que eu quando eu batia - completou o treinador.

O treinador disse que não faz mais competição entre os atletas para batedores de pênaltis, mas lembrou que, nesta semana, será preciso treinar o elenco nesse fundamento já que, na quarta, enfrenta o Manaus, em casa, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Este artigo foi resumido em 76%

Originalmente Publicado: 15 de Março de 2022 às 04:00

Fonte: Globo