O governo dos Estados Unidos informou nesta quarta-feira ter realizado com sucesso um teste de míssil hipersônico em 5 março, dez dias após tropas da Rússia terem invadido a Ucrânia.

O anúncio foi feito pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa, vinculada ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

A arma foi desenvolvida em parceria com a empresa Lockheed Martin.

De acordo com a DARPA, após a liberação da aeronave transportadora, o míssil foi impulsionado, e “Acelerou rapidamente e manteve o cruzeiro mais rápido que Mach 5 por um longo período de tempo”.

Este o segundo teste bem sucedido no programa HAWC, da DARPA. Em setembro do ano passado, uma versão diferente do míssil também foi testada com sucesso, informou a agência do governo dos EUA. Leia também Leia Também.

“O teste do HAWC, da Lockheed Martin, demonstrou com sucesso um segundo design que permitirá que nossos combatentes selecionem competitivamente as capacidades certas para dominar o campo de batalha”, disse Andrew Knoedler, gerente do programa HAWC, da DARPA. Mísseis hipersônicos utilizam o ar capturado da atmosfera para obter propulsão.

“Ainda estamos analisando os dados dos testes de voo, mas estamos confiantes de que forneceremos Força Aérea e Marinha dos EUA excelentes opções para diversificar a tecnologia disponível para suas futuras missões”, disse Knoedler.

Este artigo foi resumido em 52%

Originalmente Publicado: 5 de Abril de 2022 às 15:12

Fonte: Ig.com.br