Diria que o Botafogo foi muito traído pela ansiedade.

Viu um Botafogo bem intenso no primeiro tempo, que não deixou o Juventude atuar, mas também esteve ansioso e precipitado.

Entendo que o Luís Castro, que ao longo do jogo se irritava e cobrava do Botafogo sem a bola, tem esse o grande desafio, fazer ser competitivo e assertivo sem a bola.

O resultado frustra, mas Luís Castro fez observação muito interessante, de que esse time precisa aprender que vai jogar com estádio cheio.

Essa torcida, que jamais desistiu, apesar de todas as gestões descuidadas, agora está comparecendo em massa, incentivou, só no fim teve manifestações descontentes - afirmou PC. O comentarista e ex-jogador Pedrinho também falou sobre como jogar com o estádio cheio.

A sinalização que vejo de Botafogo se construindo de maneira muito interesse.

Por isso o Luís Castro falou que tem que acostumar a jogar com estádio cheio e fazer o que foi trabalhado - completou PC Vasconcellos.

Este artigo foi resumido em 56%

Originalmente Publicado: 2 de Maio de 2022 às 07:35

Fonte: Fogaonet.com