Na parcial do mês, a criptomoeda acumula queda de cerca de 15% e já perdeu mais da metade de seu valor desde que atingiu a marca histórica de US$ 69 mil em novembro do ano passado.

O Federal Reserve elevou a taxa básica de juros para o intervalo entre 0,75% e 1% - na maior alta em 22 anos e a expectativa que novas elevações serão feitas nos próximos meses.

Juros mais altos nos EUA tornam os investimentos em títulos do tesouro norte-americano mais rentáveis, o que reduz a procura por ativos de maior risco e estimula a migração de capital para ativos considerados mais seguros.

O valor total do mercado de criptomoedas estava em US$ 2,2 trilhões em 2 de abril.

“O Bitcoin permanece altamente correlacionado a condições econômicas mais amplas, o que sugere que o caminho a seguir pode, infelizmente, ser difícil, pelo menos por enquanto”, avaliou o provedor de dados blockchain Glassnode.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, anunciou que o país aproveitou a desvalorização para comprar mais criptomoedas, adicionando 500 unidades a seu fundo.

O que faz o bitcoin tão volátil a busca por seu valor justo no mercado, já que não há lastro nem regulamentação por parte de bancos centrais.

Este artigo foi resumido em 77%

Originalmente Publicado: 10 de Maio de 2022 às 11:34

Fonte: Globo