Apesar de novos ruídos que possam aparecer nos próximos dias, o processo de desestatização da Eletrobras no TCU deve ser concluído nesta quarta-feira, quando termina o período de vista concedido na última sessão.

Principal ator do questionamento ao processo e autor do pedido de vista, o ministro Vital do Rego sinalizou que não tentará postergar novamente o prazo de conclusão, uma vez que já conseguiu ir além dos 20 dias combinados, pois a Corte somente começou a contar o período de vista após o feriado de 21 de abril.

Vital comunicou a seus pares que não faltará sessão, apesar de estar em viagem oficial ao Caribe.

Fará o voto revisor virtualmente, momento em que deve aproveitar para, mais uma vez, marcar sua posição contrária ao processo.

Não há, no entanto, expectativa de que vá virar o jogo nesta reta final.

Está sendo feito monitoramento a qualquer sinal que venha do TCU no sentido contrário e também uma ampliação do cuidado com a insatisfação dos ministros com a forma como Economia vem se posicionando, com cobranças e pressões.

Em outra frente, interlocutores do Ministério de Minas e Energia estão mantendo conversas com os ministros para garantir que não mudou nada na orientação do governo com a ida de Adolfo Sachsida para a pasta.

Este artigo foi resumido em 27%

Originalmente Publicado: 16 de Maio de 2022 às 13:05

Fonte: InfoMoney