A Procuradoria Regional Eleitoral pediu a impugnação do registro de candidatura de Washington Reis.

O processo se refere a uma condenação de Reis dada pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal em dezembro de 2016 por crime ambiental.

A defesa de Washington Reis disse que ainda não foi notificada.

O Ministério Público Federal afirma que um loteamento irregular foi construído na reserva biológica do Tinguá, graças ação do então prefeito Washington Reis.

Parte dos terrenos foi comprada pelos irmãos do prefeito, o deputado federal Gutemberg Reis e o deputado estadual Rosenverg Reis.

Segundo o MPF, Rosenverg e o irmão dele tinham também a função de ocultar dos órgãos do estado a participação de Washington Reis no evento criminoso, administrando e executando o loteamento.

Washington Reis passou a ser julgado no STF depois de ter sido eleito deputado federal em 2010.

Este artigo foi resumido em 41%

Originalmente Publicado: 13 de Agosto de 2022 às 18:26

Fonte: Globo