A ex-ministra e senadora eleita pelo Distrito Federal Damares Alves afirmou, nesta terça-feira, estar tratando uma paralisia facial causada pela doença herpes-zóster.

Também no Twitter, Damares disse que está “Bem e trabalhando”, mas afirmou que se sente constrangida por precisar expor seu quadro de saúde.

“Nem preciso explicar o quanto constrangedor para uma mulher passar por isso, por isso fico triste com a falta de empatia”, declarou a senadora.

Publicação no Twitter da senadora Damares Alves afirmando que está “Bem e trabalhando” - Foto: Reprodução/Twitter.

A recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária que tomem a vacina pessoas com mais de 50 anos e adultos, com 18 anos ou mais, que estão em tratamento de câncer, têm HIV, lúpus, esclerose múltipla ou que farão transplantes de medula óssea.

Publicação no Twitter da senadora Damares Alves recomendando imunização contra a herpes-zóster - Foto: Reprodução/Twitter.

“As pessoas adultas podem não ter tido varicela e ter contato com esse vírus na idade adulta e, mesmo aqueles que tiveram catapora na infância, um vírus que não desaparece de nós. Ele fica guardado nos gânglios neurológicos, estrutura nervosa que fica do lado da medula espinhal”, diz o médico.

Este artigo foi resumido em 49%

Originalmente Publicado: 7 de Março de 2023 às 18:58

Fonte: g1.globo.com