Câmara aprova urgência para marco temporal de terras indígenas e governo libera base.

Votação passou por 324 votos favoráveis e 131 contra.

Em reação ao que entendeu como uma tentativa de entidades de classe de adiar o julgamento sobre a criação do juiz de garantias, ministro decano do Supremo questionou publicamente privilégio da toga.

Diante da ‘elevada quantidade’ de consultas em suas redes, órgão de proteção ao consumidor em São Paulo questiona empresa para explicar se está adotando um novo critério de cobrança para decidir sobre eventual enquadramento no Código de Defesa do Consumidor.

Comissão esvazia Meio Ambiente, pasta comandada por Marina Silva, e ‘encurrala’ governo; medida terá agora de passar pelo crivo dos plenários da Câmara e do Senado.

Este artigo foi resumido em 36%

Originalmente Publicado: 24 de Maio de 2023 às 17:55

Fonte: www.estadao.com.br